Segundo a Sesp, haverá uma intensificação nas ações de fiscalização nesses locais. Objetivo é impedir a debandada de criminosos cariocas para o Estado durante os jogos

policiais-militares

Policiamento será intensificado nas cidades capixabas próximas à divisa com o Rio de Janeiro – Foto: TV Vitória

Faltando apenas 15 dias para o maior evento esportivo do mundo, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) garante que oEspírito Santo estará seguro durante as Olimpíadas, que começa no próximo dia 5. A principal estratégia do serviço de inteligência da Sesp é monitorar as estradas e cidades capixabas mais próximas do Rio de Janeiro. O objetivo é impedir a debandada de criminosos cariocas para o Estado durante a realização dos Jogos Olímpicos.

De acordo com a Sesp, Presidente Kennedy, Mimoso do Sul, Apiacá, Bom Jesus do Norte, São José do Calçado e Guaçuí são as cidades com maior chance de receber as ações de fiscalização, já que, segundo a secretaria, a divisa sul capixaba é a principal entrada de armas e drogas no Espírito Santo. O subsecretário de integração institucional da Sesp, Guilherme Pacífico, afirmou que a migração do tráfico é a maior preocupação dos capixabas e das autoridades.

“Estamos atentos, as ações estão sendo feitas e estamos em perfeita sintonia com essas áreas. As prisões e o combate específico ao tráfico de armas e o tráfico de drogas, com ação redobrada, estão sendo feitos para que não haja esse problema da mercancia de drogas naquele Estado e que pode migrar para o nosso Estado”, ressaltou.

O subsecretário explica que o efetivo de todas as forças de segurança do Espírito Santo não será previamente deslocado à região sul do Estado, mas estará disponível para ações estratégicas nesses locais.

“Teremos abordagens de veículos, cargas, transporte de passageiros, ações específicas em locais de fronteira seca com o Estado do Rio de Janeiro e também na proteção da Região Sudeste como um todo, mas principalmente orientadas pela ação de inteligência. Nós vamos dar o remédio necessário, de acordo com o que é proposto pela orientação de inteligência no cenário nacional”, salientou Pacífico.

Para um esquema de segurança realmente integrado, o subsecretário pede a ajuda da população, que deve denunciar qualquer atitude suspeita. “Se verificar a chegada de pessoas estranhas, hospedagem, alugar imóvel oferecendo fortuna por pouco tempo, se tiver qualquer situação de suspeição, ligue para o 181. Essa informação será tratada por todas as agências, principalmente com o foco integrado de proteção ao nosso Estado, às Olimpíadas e ao nosso país”, finalizou.

TV Vitória / Redação Folha Vitória

Anúncios